Como sobreviver ao primeiro encontro



A primeira vez, para tudo e qualquer coisa, é sempre a mais difícil – e isso não seria diferente no caso do primeiro encontro. Ansiedade, nervosismo, lidar com uma pessoa desconhecida, ter que mostrar seu melhor lado, convencer alguém de que você é um bom partido e, claro, analisar a outra pessoa, fazem parte do pacote que você assina ao se comprometer a sair com a mulher pela primeira vez. E, claro, a junção de tudo isso é um convite ao desastre, quando você não sabe muito bem como lidar com tantos sentimentos.

Verdade seja dita: o primeiro encontro não é confortável para ninguém. No entanto, se você o encara como um momento de lazer e diversão, já pode se considerar começando com o pé direito. Ter leveza, nessas horas, é o que mais conta – e isso significa que você não deve ir ao encontro da gata como se estivesse indo a um julgamento que mudará sua vida. Vá despretensioso e seguro de si, para começar bem. Pense que você está indo se encontrar com uma boa companhia para falar da vida, jogar conversa fora e comer algo bom, pois assim ficará mais fácil quebrar qualquer clima tenso que possa surgir.
Como se preparar para o primeiro encontro

A mulher passa o dia inteiro se produzindo, escolhendo a melhor roupa, arrumando o cabelo, as unhas e por aí vai. Apesar de não colocar a responsabilidade de toda a vida nesse primeiro encontro, não esqueça de que você também deve se preparar para causar uma ótima primeira impressão.

Para começar, escolha uma roupa adequada para o local que decidiram ir, de preferência que esteja limpa e bem passada. Não é preciso vestir aquela roupa de grife que sua mãe chamaria de “roupa de domingo”, mas é sempre bom caprichar na apresentação. Use um bom perfume, apare a barba… tenha seu ritual “de beleza”, também, para que ela se sinta absolutamente correspondida nas expectativas que criou.

Depois de sair de casa você não pode voltar atrás. Portanto, capriche no visual e na postura enquanto há tempo.
Dicas para se dar bem no primeiro encontro

– Seja pontual: não há nada pior que ficar esperando, certo? Então, mesmo que a gata enrole um pouco, faça sua parte e chegue no horário marcado.

– Seja bom ouvinte: ser um bom ouvinte tem dois pontos importantes. O primeiro é que você ganha créditos com ela, ao mostrar seu interesse pelo que ela fala. Além disso, você consegue descobrir mais sobre ela e tem mais condições de render um bom papo.

– Nada de monólogo: não comece a falar descontroladamente sobre você. Um monólogo é tedioso e extremamente chato, cansativo e desnecessário. No primeiro encontro, a palavra de ordem é “diálogo”. Dialogue com ela, conte seus hobbies e descubra os dela, tornando a noite leve e agradável.

– Companhia agradável: no primeiro (ou no décimo) encontro, seja uma companhia agradável, desviando de todo e qualquer assunto chato ou trágico. Deixe a noite ser sempre divertida e alegre, pois o momento é para mostrar seu melhor lado – e não para fazer um resumo das notícias ruins do dia.

– Não crie “mundos paralelos”: se tem uma coisa que não dá certo nunca é criar um personagem para agradar a mulher. Seja você mesmo e haja naturalmente, lembrando sempre que todos têm suas qualidades e defeitos. Cabe a você mostrar seu melhor lado no primeiro encontro.

– Concentre-se nela: não tem nada mais chato que estar com alguém que não consegue se concentrar no assunto. Então nada de ficar olhando ao redor ou prestando atenção no que acontece na mesa ao lado. Sempre que possível olhe nos olhos da sua parceira e preste atenção ao que ela fala.

– Vista-se para seu corpo: não tente impressioná-la vestindo-se como se fosse outra pessoa ou tivesse um porte físico completamente diferente. Você deve se arrumar para ficar bonito e confortável, e de nada adianta uma bela roupa se não condiz com sua personalidade, ou mesmo com seu corpo.

– Estabeleça contato físico: pegue nas mãos dela, mexa levemente nos cabelos e tente se aproximar mais cada vez que você sentir que ela dá abertura para isso. Esse tipo de contato físico é muito positivo.

É preciso manter a calma, apesar de tudo: você não está na selva prestes a ser devorado por um leão, certo?

– Apelidos: no primeiro encontro, nada de apelidos (e muito menos os carinhosos, como “amor”, “bebê” e similares). Trata-se do primeiro passo em uma possível relação, e intimidade para apelidinhos vem apenas com o tempo. Por isso, não crie algo que ainda não existe. Vá com calma, por mais que você goste da pessoa ao seu lado.

– Esqueça a ex: num encontro com a gata, não seja inconveniente: evite ao máximo falar do seu passado ou, então, querer saber do passado dela. Você está conhecendo uma pessoa nova – e tudo a partir de agora é novo para vocês dois. Deixe o passado ficar no passado. Se ela trouxer o assunto à tona, seja educado e cordial, mas corte na hora.

Resumindo, é preciso ter noção sobre linguagem corporal (assim você vai ter mais chances de entender o que a mulher espera desse encontro) e manter a calma, apesar de tudo: você não está na selva prestes a ser devorado por um leão, certo? O máximo que pode acontecer é ela não querer mais sair contigo – o que abriria uma lacuna para todas as outras mulheres do mundo terem uma chance com você.

Você pode se tornar irresistivelmente atraente para as mulheres, desenvolvendo suas características e atitudes alfas. Mas o que fazer para ter esse tipo de sucesso e seduzir lindas mulheres? A resposta é simples: você precisa ativar os gatilhos da atração.

Fonte: atitudedehomem

AVISO: A BET está a oferecer 25€ PARA APOSTARES SEM RISCO! Não percas esta oferta e regista-te já >> AQUI <<



partilha

TAMBÉM VAIS GOSTAR:


Como conseguir o telefone de qualquer Mulher



COMENTÁRIOS: